4 d - Traduzir

Golpe é tanque na rua, arma, conspiração; nada disso foi feito no Brasil
🇧🇷 Jair Bolsonaro. Em discurso no ato pela democracia, neste domingo, o ex-presidente Jair Bolsonaro rebateu as acusações de que teria tentado dar um golpe de Estado em 2022.

“O que é golpe? É tanque na rua, é arma, é conspiração, é trazer classes empresariais para seu lado. Nada disso foi feito no Brasil”.

A Avenida Paulista, recebeu a manifestação em defesa da democracia neste domingo, iniciando-se oficialmente às 15h.

O protesto foi convocado pelo próprio ex-presidente. “Quero me defender de todas ás acusações que têm sido imputadas à minha pessoa nos últimos meses”, disse Bolsonaro.

A democracia é o governo do povo, pelo povo e para o povo!

4 d - Traduzir

⛓ Ex-vereador de Sorocaba (SP) é condenado por estupro de vulnerável

O ex-vereador de Sorocaba (SP), Emilio de Souza Oliveira “Ruby”, de 58 anos, foi condenado a 50 anos de prisão em regime fechado por dois estupros de vulnerável.

A sentença determinou 25 anos de reclusão por cada um dos crimes. Preso desde abril de 2023, o ex-vereador não poderá recorrer em liberdade.

Ruby foi flagrado em um vídeo no quintal de sua casa, dentro de uma caixa d’água, praticando atos libidinosos com duas crianças de seis e oito anos.

Cantor e compositor, Emílio Ruby foi eleito vereador em Sorocaba em 2008 pelo PMN.

Ruby pode até ser cantor, mas a liberdade não vai cantar tão cedo para o ex-vereador. #horanews

image
4 d - Traduzir

⛓ Ex-vereador de Sorocaba (SP) é condenado por estupro de vulnerável

O ex-vereador de Sorocaba (SP), Emilio de Souza Oliveira “Ruby”, de 58 anos, foi condenado a 50 anos de prisão em regime fechado por dois estupros de vulnerável.

A sentença determinou 25 anos de reclusão por cada um dos crimes. Preso desde abril de 2023, o ex-vereador não poderá recorrer em liberdade.

Ruby foi flagrado em um vídeo no quintal de sua casa, dentro de uma caixa d’água, praticando atos libidinosos com duas crianças de seis e oito anos.

Cantor e compositor, Emílio Ruby foi eleito vereador em Sorocaba em 2008 pelo PMN.

Ruby pode até ser cantor, mas a liberdade não vai cantar tão cedo para o ex-vereador. #horanews

image
4 d - Traduzir

⛓ Ex-vereador de Sorocaba (SP) é condenado por estupro de vulnerável

O ex-vereador de Sorocaba (SP), Emilio de Souza Oliveira “Ruby”, de 58 anos, foi condenado a 50 anos de prisão em regime fechado por dois estupros de vulnerável.

A sentença determinou 25 anos de reclusão por cada um dos crimes. Preso desde abril de 2023, o ex-vereador não poderá recorrer em liberdade.

Ruby foi flagrado em um vídeo no quintal de sua casa, dentro de uma caixa d’água, praticando atos libidinosos com duas crianças de seis e oito anos.

Cantor e compositor, Emílio Ruby foi eleito vereador em Sorocaba em 2008 pelo PMN.

Ruby pode até ser cantor, mas a liberdade não vai cantar tão cedo para o ex-vereador. #horanews

image
4 d - Traduzir

⛓ Ex-vereador de Sorocaba (SP) é condenado por estupro de vulnerável

O ex-vereador de Sorocaba (SP), Emilio de Souza Oliveira “Ruby”, de 58 anos, foi condenado a 50 anos de prisão em regime fechado por dois estupros de vulnerável.

A sentença determinou 25 anos de reclusão por cada um dos crimes. Preso desde abril de 2023, o ex-vereador não poderá recorrer em liberdade.

Ruby foi flagrado em um vídeo no quintal de sua casa, dentro de uma caixa d’água, praticando atos libidinosos com duas crianças de seis e oito anos.

Cantor e compositor, Emílio Ruby foi eleito vereador em Sorocaba em 2008 pelo PMN.

Ruby pode até ser cantor, mas a liberdade não vai cantar tão cedo para o ex-vereador. #horanews

image
image
image
4 d - Traduzir

📚 STJ mantém despejo da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo

Uma decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Raul Araújo manteve a determinação de despejo da Livraria Cultura de loja no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo. A unidade acumula dívidas que ultrapassam R$ 15 milhões.

A empresa alega que a loja do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, é o principal estabelecimento, “de modo que o cumprimento da ordem de despejo inviabilizará a eficácia da manutenção do socorro legal e, por certo, implicará na derrocada das suas operações”.

O ministro Raul Araújo considerou que a liminar poderia tomar “contornos de um ‘cheque em branco’, apto a justificar futuros descumprimentos e destacou que a recuperação judicial não pode significar “uma blindagem patrimonial das empresas”. #horanews

A derrocada de mais um marco da Avenida Paulista!

image
4 d - Traduzir

📚 STJ mantém despejo da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo

Uma decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Raul Araújo manteve a determinação de despejo da Livraria Cultura de loja no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo. A unidade acumula dívidas que ultrapassam R$ 15 milhões.

A empresa alega que a loja do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, é o principal estabelecimento, “de modo que o cumprimento da ordem de despejo inviabilizará a eficácia da manutenção do socorro legal e, por certo, implicará na derrocada das suas operações”.

O ministro Raul Araújo considerou que a liminar poderia tomar “contornos de um ‘cheque em branco’, apto a justificar futuros descumprimentos e destacou que a recuperação judicial não pode significar “uma blindagem patrimonial das empresas”. #horanews

A derrocada de mais um marco da Avenida Paulista!

image
4 d - Traduzir

📚 STJ mantém despejo da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo

Uma decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Raul Araújo manteve a determinação de despejo da Livraria Cultura de loja no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo. A unidade acumula dívidas que ultrapassam R$ 15 milhões.

A empresa alega que a loja do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, é o principal estabelecimento, “de modo que o cumprimento da ordem de despejo inviabilizará a eficácia da manutenção do socorro legal e, por certo, implicará na derrocada das suas operações”.

O ministro Raul Araújo considerou que a liminar poderia tomar “contornos de um ‘cheque em branco’, apto a justificar futuros descumprimentos e destacou que a recuperação judicial não pode significar “uma blindagem patrimonial das empresas”. #horanews

A derrocada de mais um marco da Avenida Paulista!

image
4 d - Traduzir

📚 STJ mantém despejo da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo

Uma decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Raul Araújo manteve a determinação de despejo da Livraria Cultura de loja no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo. A unidade acumula dívidas que ultrapassam R$ 15 milhões.

A empresa alega que a loja do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, é o principal estabelecimento, “de modo que o cumprimento da ordem de despejo inviabilizará a eficácia da manutenção do socorro legal e, por certo, implicará na derrocada das suas operações”.

O ministro Raul Araújo considerou que a liminar poderia tomar “contornos de um ‘cheque em branco’, apto a justificar futuros descumprimentos e destacou que a recuperação judicial não pode significar “uma blindagem patrimonial das empresas”. #horanews

A derrocada de mais um marco da Avenida Paulista!

image
image
image
4 d - Traduzir

⚖️ Bolsonaro pede anistia aos presos pelo ato de 8/1: “Pobres coitados”

O ex-presidente Jair Bolsonaro criticou as “poucas pessoas” que determinam as penas dos acusados de depredar as sedes dos Três Poderes no 8 de Janeiro de 2023, em Brasília.

“Quem porventura depredou o patrimônio, que pague. Mas essas penas fogem ao mínimo da razoabilidade”, disse durante o ato na Avenida Paulista, na tarde deste domingo.

As penas impostas pelo relator, ministro Alexandre de Moraes, variam de 12 a 17 anos de prisão para oito mulheres e sete homens. #

“O que eu busco é uma anistia para aqueles pobres coitados que estão presos em Brasília”, disse Bolsonaro.

A anistia é uma ferramenta importante para repacificar o país.

image